MISTÉRIOS

 MISTÉRIOS

MISTÉRIOS (por Sônia Moura)
-Tem gente que é feita de sonhos! Disse Maria, olhando para o céu estrelado, que cobria a ilha dourada. Ri de suas palavras, mas sabia que ela estava certa, eu mesma era feita de sonhos.
Tudo para mim, naquela noite, tinha a face do mistério. De onde a conhecia? Maria não respondeu à minha pergunta, apenas cantarolou uma canção de menina.
Sorri um sorriso desassossegado. Maria me olhou e disse que tudo iria se resolver logo, era só esperar. Disse isto e voltou a brincar com o rosário de contas verdes, assim como o seu olhar que tinha a mesma cor verde da esperança, realçando as delícias de uma sonhadora, na alma de menina.
Sentadas à beira do cais, com a brisa a embalar aquele momento, deslumbradas, vimos uma lua nova nascer da barriga de uma nuvem bem gorda.
Maria aproveitou aquele parto feito no céu, para falar comigo sobre as flores do jasmineiro, plantado na porta da pousada, onde eu estava hospedada.
– O jasmineiro resolveu que iria recostar-se no muro de pedras, tinha toda a liberdade do mundo, mas quis agarrar-se às pedras duras daquele muro, por que será? Perguntou-me a menina.
Com a face banhada pela luz do luar e por sua própria luz, Maria respondeu à pergunta que ela mesma fizera.
– Sabe o que eu acho, o jasmineiro pretende proteger suas flores, você já viu como o vento aqui é forte? Quantas vezes nos agarramos a “muros de pedras”, para afastar a solidão, quantas vezes ficamos esperando que um milagre aconteça para que neste reencontro entre a flor e a pedra, o mistério da vida faça germinar algo novo?
Neste instante, uma voz antiga chamou-me pelo nome. Voltei-me e vi, à luz do luar, uma imagem do passado que viera me confortar, então, a Maria que um dia eu fui, sorriu para mim, transformou-se em um lindo pássaro azul e saiu pelo mundo a voar.
Mistérios!

(Do livro CONTOS & CONTAS de Sônia Moura)

mistérios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *