Nas manhãs cinzentas de um dia sem luz 

Vejo imagens lindas no céu apagado

Sinto a beleza do dia

Sinto as gotas findas do luar

Vejo sol timidamente surgir 

Então o mar vem docemente

Meus pés beijar

Esta na hora de a vida acordar

(por Sônia Moura)

Escrito por

Sônia Moura

SÔNIA MOURA é Doutora em Letras (Literatura Comparada), Mestra em Letras (Literatura Brasileira), Pesquisadora na área da Simbologia, Professora de Língua Portuguesa e de Literatura Brasileira e Produtora Cultural.

No centro de suas atividades, está sua parceira inseparável: a arte, coordenando suas múltiplas vozes e os misteriosos momentos da sua criação.